Segunda-feira, 27 de Junho de 2011

ora, anda cá avaliar-me! (se fores capaz...)

Sim, eu também faço parte daquela classe de pessoas que após a Universidade não eram avaliadas, ou, pelo menos, não o eram formalmente. É que, ser professor, é quase como ser jogador de futebol (mas sem o dinheiro e com mais conjugações além da 3ª pessoa do singular): toda a gente dá palpites, toda a gente sabe mais que tu, toda a gente tem uma palavra a dizer e toda a gente faria muito melhor trabalho se estivesse no teu lugar. Mas, na realidade, não é toda a gente que está lá. Somos só uns quantos, que ainda achamos que podemos mudar isto e formar mentes boas para que, na idade da reforma, Portugal seja governado por alguém um bocadinho melhorzinho e que não dê erros ortográficos. Ah! E somos também os únicos, ou dos poucos, que compramos material do nosso bolso para podermos trabalhar! (mas isso agora não importa)

E cá estou eu a braços e mãos e cabeça com o meu relatório de auto-avaliação, onde tenho que escrever porque é que sou boa professora e porque razão a minha entidade patronal me deve dar mais uns trocos no próximo no lectivo. E eu escrevo, com aquele gostinho de quem está na faculdade, mas com mais dinheiro (vá lá!) e também mais responsabilidade.

Eu não sou contra a avaliação dos professores. Juro que não. Não suporto são os moldes em que é feita. Então vamos lá ver: tive uma (sim, UMA) aula observada pelos meus superiores, ao longo de todo o ano lectivo. E avisaram-me do dia e da hora em que iriam estar na minha sala. Agora pergunto: mesmo se eu fosse um estupor, cheia de más intenções e de práticas ainda piores, não iria eu, nessa meia hora, ser espectacular?!?!?

E agora tenho que escrever uma data de coisas, giras até, mas que, mais uma vez, eu poderia ser um estupor e escrevê-las na mesma.

E agora a pergunta para os €5000: PORQUÊ?!?!? PARA QUÊ?!?!? EM QUE MEDIDA É QUE ISTO VAI DISTINGUIR OS BONS DOS MAUS PROFESSORES?!?!?

Na realidade, penso que não serve para nada... a não ser para me f#&»" o fim-de-semana!

Foram à praia? Eu não!

Pfff{#emotions_dlg.brrrpt}

 

 

sinto-me:
publicado por daily às 18:22

link do post | comentar | favorito
|

.now

. pensamento do dia

. um não-assunto

. pensamento do dia

. qual é a cor da inveja?

. espelho meu...

. pensamento do dia

. tenho tantas...

. welcome to hell!

. i just want to drink coff...

. why, God?! why?!

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter

.às quantas ando...

love
cidades
queen
eat
travel