Quarta-feira, 3 de Outubro de 2012

pretend you're dead

Caro Gaspar, enquanto termino de fazer o jantar (um luxo, como podes observar! até faço mais do que uma refeição por dia e não são côdeas de pão seco), lembrei-me de te escrever umas linhas. Não para te mandar para sítios estranhos, nem para te chamar nomes mais simpáticos do que Rosa ou Aurora, mas para te fazer ver que, se continuas assim a chatear as pessoas, a tirar-lhes quase todo o ordenado e a fazer outras coisas que tais, é provável que te vás tornar uma pessoa muito solitária... E um rapaz da tua idade (aceita que já não vais para novo) deveria querer manter os amigos de sempre e, até quem sabe, fazer alguns novos. Preocupa-me que, daqui a uns tempos, quando quiseres ir para o jardim conversar e jogar cartas com os outros velhotes, ninguém fale contigo. Ou porque ainda estão chateados com aquilo que agora andas a fazer ou porque nessa altura já não sobre nenhum velhote para falar contigo.

Outra coisa que me preocupa é a tua saúde mental. Tens andado bem? Tens tido dores de cabeça? Insónias? Levantas-te da cadeira para ir fazer alguma coisa e a meio do caminho já não te lembras do que ias fazer? É que tens dito coisas do arco da velha na televisão. E logo na televisão, onde tanta gente te vê e ouve. É que se me disseres que andas um pouco demente, de cabeça perdida e que falas com elefantes cor-de-rosa que aparecem no teu gabinete para tomar chá, eu entendo. Agora, se me dizes que estás benzinho, não percebo como é que afirmas que a redução da despesa pública é inquestionável. É que te arriscas mesmo a que alguém numa próxima manif faça um cartaz a dizer que "Inquestionável é a tua tia!!!". Além disso esqueceste-te de mostrar às pessoas do nosso país como é que isso foi feito. E onde. E quando. Estás a ver por que é que me preocupa a tua saúde, Gaspar?

Outra coisa que não me pareceu lá muito sã, foi teres afirmado que a prioridade é cortar na despesa e na Educação. Ó Gaspar, pensa lá bem nisso... Cortar na despesa parece bem a toda a gente, mas vais fazer o quê? Vais começar a ir de metro para o Ministério das Finanças? Tem cuidado, que a estação , em época de chuvas, por vezes alaga e, já que andas mal da cabeça não vais querer também ficar constipado. E os almoços do Governo? Não me digas que vais instituir a sandocha e vai tudo de marmita para a Assembleia da República? E as comitivas e assessores? Também vão marmitar? E vais tu organizar tudo ou cada um traz o seu? Ainda bem que de números percebes tu. Se fosse qualquer um de nós (portugueses, entende) seria difícil mas tenho a certeza que tu vais conseguir fazer tudo bem e por pouquinhos euros por cabeça. Olha, até podes pedir uns conselhos a umas pessoas com quem trabalho que gastam apenas €0,30 pelo almoço de cada criança. São uns porreiros e tenho a certeza que não se importam de te dar umas dicas.

E agora, permite-me falar-te no cortar na Educação. Mais uma vez, arriscas-te a que surja um cartaz numa manif a dizer "Vai cortar na tua tia, ó palhaço!!!". A parte do palhaço já é criatividade minha mas, e tu sabes como eu gosto de ti, é apenas para te preparar para o que poderá aí vir. A Educação é fundamental, Vítor. E, lá bem no fundo, tu sabes disso. Ora pensa no país que queres ter no futuro. Queres que Portugal seja um país onde, daqui a uns anos, haja mais candidatos a um reality show do que ao Ensino Superior? Ou queres pessoas formadas, inteligentes, capazes de pensar pela própria cabeça, hum? Vê lá bem isso, que o futuro chega depressa e, quando deres por ti, a televisão estará a transmitir (e em canal exclusivo) um programa composto por jovens obtuso-avacalhadas e respectivos machos para as cobrir. E tu não queres isso, pois não?

E, para terminar esta nossa conversa, quero ainda dizer-te que se estás a pensar matar todos os idosos e os doentes através dos cortes na Saúde, e se não queres que as crianças e os jovens estudem, e se queres tirar o dinheiro a toda a gente que trabalha honestamente, há já alguns anos a esta parte (por volta de 1939 até aí a meados de 45) viveu, na Alemanha, um senhor, que tinha umas ideias muito parecidas com as tuas mas, correu-lhe mal, apesar de ter conseguido provocar uma grande desgraça. Olha, a pessoa ideal para te contar essa história deve ser aquela tua amiga alemã, a Ângela. Convida-a para comer uma canja e pergunta-lhe.

Vá, vou jantar que já é tarde. Tu cuida-te e, não vá o diabo tecê-las, vai ao médico ver a cabeça. Se tiveres um smart phone é mais fácil. O tradutor instantâneo é óptimo a traduzir de castelhano para português.

A tua amiga,

T.

 

publicado por daily às 20:31

link do post | comentar | favorito
|

.now

. pensamento do dia

. um não-assunto

. pensamento do dia

. qual é a cor da inveja?

. espelho meu...

. pensamento do dia

. tenho tantas...

. welcome to hell!

. i just want to drink coff...

. why, God?! why?!

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter

.às quantas ando...

love
cidades
queen
eat
travel