Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

É uma espécie de último post do ano!!!

É muito provável que com a borga do fim-de-semana e com a borga do final do ano já não tenha oportunidade de voltar aqui antes de 2008 (para o ano, portanto!!!!).

 

Como tal, um bom início de 2008!!!!

 

Let it flow!!!!!

 

 

sinto-me: Belo ano!!!!!!
publicado por daily às 15:26

link do post | comentar | favorito
|

Girl

Bom fim-de-semana!!!!
música: Urge Overkill - Girl, you'll be a woman soon
publicado por daily às 13:19

link do post | comentar | favorito
|

A teia

Já não estávamos juntos há alguns meses. Dois, três, não muitos. E aquele homem continua fantástico. Não sei o que me excita mais, se o beijo, o toque ou a sua pele, com aquela cor café com leite. A intimidade que tínhamos ganho nestes dois anos estava um pouco abalada. Quando abri a porta de casa até estava meio nervosa (imagine-se!!!!).

 

Ele também estava ansioso. Vi no sorriso e no olhar. E senti na forma como me abraçou. Neste tempo em que não estivemos juntos, contou-me, tinha-se apaixonado. E depois, desapaixonado. No fundo, estava desiludido. "Fico triste por ti", disse-lhe, e fiquei mesmo. Estar apaixonado é um estado de graça, e se alguém consegue alcançá-lo só me resta ficar feliz por essa pessoa. E no caso do A.T ., ficar solidariamente triste.

 

Beijámo-nos. A chama acendeu. Beijámo-nos mais. Que saudades que já tinha desta língua... Continuamos a beijar-nos. Mais língua. Mais saliva. Mais vontade. Mais tesão.

 

"Nas próximas horas só me quero preocupar contigo" - disse-me.

 

E preocupou-se. Comemo-nos de todas as formas que conhecíamos, e ainda inventámos qualquer coisa. Todo o corpo era sítio de prazer. Orgasmos.. vários. Adoro chupá-lo. Tê-lo na minha boca. Senti-lo pulsar. Ouvi-lo gemer quando se vem.

 

Não sei quanto tempo passou. Perdi a noção das horas. Descansamos. Beijo-lhe as costas. Passo para o peito. Recomeçamos. Ainda com mais desejo. Queca brutal. Não quero parar. Não quero que acabe. Quero ficar aqui a vida toda neste prazer.

 

Estou cansada. Satisfeita. Peço-lhe que saia. Não quero conversar. Apenas fumar um cigarro e tomar um café. Depois um duche. É de manhã. Tenho que ir trabalhar...

 

 

sinto-me: Preparada para o fds!!
música: Oxigénio
tags: , , ,
publicado por daily às 11:11

link do post | comentar | favorito
|

Um dia para...

Há algum tempo que não ia ao miradouro da Graça. Por estradas e caminhos, acabo sempre por me ir meter no Adamastor. A vista é linda, sem dúvida, mas os "utentes" que por lá têm aparecido estão a tornar a vida do comum cidadão menos agradável. Seja como for, fui para a Graça, beber um chocolate quente para combater o frio.

 

E descobri-a depois. A livraria mais acolhedora dos últimos tempos. E descobri depois o livro que me emocionou. Pela sua simplicidade. Pela sua profundidade.

 

"UM LIVRO PARA TODOS OS DIAS"

HÁ DIAS TÃO GRANDES QUE PARECEM UM MÊS INTEIRO. Há dias que passam num abrir e fechar de olhos.

Há dias para esquecer. Há dias para lembrar. Há dias simples. Há dias, meu Deus, que são uma confusão.

Há dias que dão vontade de falar.

Há dias cheios e dias em cheio. Há dias quase vazios. E dias que mudam as nossas vidas.

Há dias em que só pensamos no futuro. E dias em que temos saudades de quase tudo.

Há dias com grandes manhãs. E dias que se prolongam pela noite dentro.

Há dias ensonados. Enublados como sonhos. Há dias reais. Dias irreais. E dias surreais.

Há dias cheios de amigos. E outros mais sozinhos.

Há dias em que chove a cântaros.

Há dias que não lembram ao diabo! Há dias do arco-da-velha!

Há dias de greve. De trânsito e engarrafamentos.

Há dias de eleições e de novos governos.

Há dias sem carros.

Há dias da mãe, do pai e da criança. Dias da música, da água e da dança.

Há dias em que perdemos a esperança.

Há dias em que cruzamos os braços. E dias em que arregaçamos as mangas.

Há dias em que ninguém nos cala. Há dias em que nos apetecia mandar nisto tudo!

Há dias em que temos vontade de partir. E dias em que temos vontade de voltar.

Há dias coloridos. E dias a preto e branco.

Há dias negros (verdadeiramente maus). E dias azuis.

Há dias trágicos...

Há dias em que aprendemos uma palavra nova. E dias em que temos uma palavra mesmo debaixo da língua.

Há dias em que tudo são 7 cores. Os pássaros, a vizinha, o Sr. do talho, as flores!

Há dias que já lá vão. Há dias que nunca mais chegam. Há dias em que contamos os dias para as férias.

Há dias em vamos ao quadro. Há dias em que fazemos asneiras.

Há dias em que não temos boas maneiras.

Há dias que não são dias! Há dias em que o rei faz anos.

Há dias bons para andar de bicicleta.

Há dias em que perdemos a cabeça.

Há dias em que começamos tudo do princípio.

Há dias santos. E dias que nos apetece rezar.

Há dias em que temos orgulho do nosso país. E outros que nos deixam muito envergonhados.

Há dias de cerimónia e outros em que nos apetece andar descalços.

Há dias que passam a correr. E dias que vão andando...

Há dias de surf. E dias de sofá.

Há dias em que não fazemos os trabalhos de casa.... E dias em que partimos o mealheiro.

Há dias que esticam.

Há dias que deviam durar para sempre.

Há dias que vamos acampar. Há dias em que nos apetecia mesmo dormir debaixo de uma grande árvore.

Há dias em que precisamos de um café. E dias em que precisamos de um abraço.

Há dias em que fazemos um amigo.

Há dias em que as coisas andam para trás. E dias em que o mundo anda para a frente.

Há dias e dias. E dias que não são dias.

Há dias que pedem uma banda sonora. E dias em que apetece cantar no duche.

Há dias que deviam desaparecer do calendário. E dias que ficam para a história.

 

sinto-me: é sexta-feira!!!!
música: Oxigénio - Música para respirar
tags: , ,
publicado por daily às 09:41

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

Sexo Mínimo Garantido!!!

Venho aqui reivindicar! Mas reivindicar algo que, logicamente (dahhhh, como é que ninguém pensou nisto antes ), deveria ser dado a qualquer cidadão pelo seu Governo! Trata-se do Sexo Mínimo Garantido!

 

Pois bem. Para os pobrezinhos, desgraçadinhos, ciganinhos e afins existe o Rendimento Mínimo Garantido, onde, mediante a necessidade de cada família, e após assentimento de uma assistente social, lhes é entregue, mensalmente, uma quantia em dinheiro. Isto leva a que ninguém se incomode a procurar emprego. E é ver esta malta, todo o dia, à porta do café ou encostados a uma parede, a apanhar sol!! Adoro andar a trabalhar para os palhacitos viverem sem se maçarem....

 

Para o programa do Sexo Mínimo Garantido o Estado não tinha que gastar verbas quase nenhumas e os seus cidadãos existiriam de uma forma muito mais realizada. Respeitar-se-ia, na mesma, a opinião da assistente social ("Sim, esta senhora está a precisar muito de sexo" ou "Não, esta senhora há menos de uma semana que teve relações. Não necessita dos nossos serviços"). Depois, era só cruzar nomes e informações (quem gosta do quê em quem), mandar uns SMS com o ponto de encontro e tudo o resto acontecia naturalmente. Tal como a ciganada, também nós ficaríamos muito mais calmos e tranquilos. E há aí tanta gente a precisar de uma amolgadela...

 

Como vêem, era fácil e estaríamos todos muito mais disponíveis para nos conhecermos enquanto pessoas, pois aquela tensão sexual que muitas vezes se instala não estaria presente.

 

Eheheheh Talvez não resultasse assim tão bem, mas para grandes males... :)

sinto-me:
música: David Fonseca - The 80's
publicado por daily às 14:48

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Os Budas são mesmo ditosos

Gosto de sexo. Muito. Não com qualquer companheiro. Não de qualquer maneira. Mas quando é muito bom, gosto muito.

 

Acabei de ler "A casa dos budas ditosos". E tal como, no seu género, a "Profecia Celestina" mexeu com os meus botões há uns tempos atrás, este livro era mesmo aquilo que eu estava a precisar. Mais sexo e menos amor.  Aconselho!

 

publicado por daily às 12:41

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Actualização de dicionário :)

O meu novo colega do Brasil continua:

 

Pionês = Taxinha

Garoto = Café com leite

Velhaco = Malicioso

 

(Ainda bem que ele continua a deixar as folhas em cima da secretária... se não deixasse era muito mais complicado !!!!)

sinto-me:
publicado por daily às 12:25

link do post | comentar | favorito
|

Não estou a perceber...

É um facto que tenho uma forma de ver e estar na vida um pouco diferente da maioria das mulheres. Muitas vezes apercebo-me que tenho reacções e pensamentos  socialmente  ligados ao sexo masculino. Mas é algo que não me incomoda. Por vezes incomoda os outros, os intolerantes, mas eu estou bem assim. Os meus dois cromossomas x devem ter algum desviozinho. Por exemplo, quando passo por um homem bonito, a minha aparência continua a de uma mulher, mas o meu cérebro transforma-se num homem das obras, com a mini incluída, a gritar as mais fantásticas frases de engate decadente.

 

Por outro lado, há um amigo  meu que é uma gaja!!! Nem sequer é mulher, é logo gaja. Daquelas gajas muita chatas que nenhum homem (nem mulher) tem paciência para aturar. É um excelente amigo, mas Deus me livre de estar envolvida sentimentalmente com ele!!! As nossas conversas parecem estar trocadas: eu falo de sexo, ele de amor. É tudo para o sentimento, e coiso, e tal, e eu não sou nada assim, excepto quando se justifica.  Mas como é mesmo amigo vou ter que o aturar!!! :)

 

E cada vez mais me deparo com este tipo de situações. Homens do mundo, onde é que vocês estão??!?!? A minha amiga A.R . diz uma coisa muita acertada. "Para eu gostar de um homem ele tem que ser mais macho que eu!". Será que estamos a pedir demais? Recuso-me a acreditar nisso...

sinto-me: Village People?!?!?!?
música: U2 - One
publicado por daily às 11:24

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Que saudades do vinil!!!!

Temos aqui o primeiro exemplar do bom gosto.

 

O mesmo senhor! E o mesmo bom gosto!!!

 

 

Alguém que aproveita a capa do disco para se assumir...

 

 

 

Palavras para quê??!?!?

 

 

Aleluia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

 

Hummmmmmm....

 

Em português...

 

 

E directamente de Portugal...

 

sinto-me:
publicado por daily às 10:23

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

Tá jóia!

Na semana passada, veio trabalhar aqui para o Inferno um novo colega. Giro. Muito giro. Brasileiro, moreno, bonito, mas um bocadinho copo de leite para o meu gosto. Super simpático e a falar pelos cotovelos (como bom brasileiro!!!!). Tem duas licenciaturas, uma pós-graduação, está em Portugal a fazer o mestrado e tem como objectivo, antes de regressar ao Brasil, fazer ainda um doutoramento em Espanha ou na Itália.

 

Falávamos das diferenças entre os termos utilizados em Portugal e aqueles utilizados no Brasil, e o meu colega D. explicava-me a dificuldade que sentia muitas vezes para compreender o "nosso" português, quer pela pronuncia, como pelo significado.

 

D. - "Ainda no outro dia alguém falou uma palavra nova... mas esqueci....que droga....como era mesmo???........................................."

T. - ....................................

D. - "AH! Já sei!! Rebuscado, não é como vocês falam???? Rebuscado??"

T. - " AaaaaAAAAAAAAAAAAaaaaaaaaaaaa .........rebuscado?!?!? Mas em que contexto?"

D. - "Então, como é que você chama a uma coisa pequenininha , doce, que você põe na boca e chupa?"

T.- "AH! Rebuçado!!!!!!!!!"

D.- "Isso aí!!! Rebuçado!!!"

 

Depois desta conversa esclarecedora, o D. resolveu fazer o seu próprio e muito pessoal dicionário de sinónimos. Aqui fica uma amostra e a promessa de actualizações:

 

Rebuçado = Bala

Papel Químico = Papel Carbono

Porta-chaves = Chaveiro

Chaveiro = Claviculário

Sandes = Sandwish

Fixe = Legal

Chapéu-de-chuva = Guarda-chuva

Paneleiro = Panasca

 

 

Jóia!!!!!

 

 

sinto-me: Multicultural
música: Oxigénio
publicado por daily às 14:38

link do post | comentar | favorito
|

.now

. pensamento do dia

. um não-assunto

. pensamento do dia

. qual é a cor da inveja?

. espelho meu...

. pensamento do dia

. tenho tantas...

. welcome to hell!

. i just want to drink coff...

. why, God?! why?!

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter

.às quantas ando...

love
cidades
queen
eat
travel