Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

Sem dúvida

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossivel,
Há sem duvida quem não queria nada.

Tres tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possivel,
Porque eu quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...
 
Álvaro de Campos
sinto-me: determinada!
publicado por daily às 20:00

link do post | comentar | favorito

O quê? O quê? Hã?

It’s me, and you, and all the things we do,
Just to go a little more, just to find a better view,
Despite of young hearts we know how it’s gonna be,
We don’t get for your crops cause we have our own tree,
There’s nothing wrong with your ways, but we can dance to this song,
We just wanna build and leave the bridge out of the silent void.

If there’s something we could do,
To escape this silent void,
Just a word that we could say,
That would burn this silent door,
No we can’t stay here no more…

(We’re in love.. We’re in love)
I say love… I say love

And there’s no one I would rather be with,
Nothing I would rather do,
Cause I’ve got this dream, this heart that beats,
Outside this silent world,
and I’ve got you.

…and me, and all that we could be,
Out if this black hole show, by the black sea,
We’re all surrounded by the old, just running their stuff,
We don’t really care for them, they don’t really care for us,
You see, I don’t wanna be what they meant all of us to be,
Shaking hands with the sales artist, the master degrees,
With the, lost kids and the loveless ones,
Yeah I can look like them but I’ll never be one,
And if you wanna be the bullet out of this gun,
Then tell us please what you’re made of,
Oh tell us please what you’re made of,
Oh tell me please are you in love? Like me…
I say love…

And there’s no one I would rather be with,
Nothing I would rather do,
Cause I’ve got this dream, this heart that beats,
Outside this silent world, and I’ve got you.
We’re falling in the lights of others,
I hold her willed and we keep spinning,
We’re falling in the lights of others,
I guess our mind is made up,
We’re gonna quit the state of,
We can leave this silence…
We can leave this silent… void.
We can leave this silent… void.
We can leave this… void.
We can leave this silent… void.

I say love… I say love…

And there’s no one I would rather be with,
Nothing I would rather do,
Cause I’ve got this dream, this heart that beats,
Outside this silent world, and I’ve got you.
Outside this silent world a heart beats,
Outside this silent world well I’ve got you,
Outside this silent world my heart beats,
Outside this silent world well I’ve got you.
 
David Fonseca
publicado por daily às 19:48

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

Gosto tanto deste quadro...

 

 

 

 

publicado por daily às 19:43

link do post | comentar | favorito

Ilusões

Encontrei umas páginas escritas por mim, há cerca de 15 anos atrás. Meio amarelas do tempo, é certo, mas cheias de coisas importantes que me disse a mim própria. Fiquei impressionada com a actualidade dos conteúdos e de verificar que, em plena adolescência, já as grandes dúvidas e questões me assaltavam. Não me recordo bem, mas acho que estas frases foram, ou retiradas do "Ilusões" de Richard Bach, ou pelo menos foi este livro a minha inspiração.

 

Escrevi ainda uma data de queixas sobre a minha vida na altura. Lembrem-se que tinha cerca de 15 anos. Não sejam demasiado exigentes!

 

"Isto - Dia 1 de Julho de 1993

Isto é apenas uma fantasia de adolescente. Tenho 15 anos, e como tal, estou na onda dos Resistência, na ilusão do tabaco e na aparência da roupa de marca...

Será que me conheço de verdade? Não sei... Talvez eu seja a mistura da ingenuidade das crianças, da tristeza da guerra e do perfume sério das árvores. Isto sou eu...

Perspectiva. Usa-a ou perde-a. Lembra-te de onde vieste, para onde vais, e por que é que, à partida arranjaste o sarilho em que estás metido. Lembra-te, vais morrer de uma morte horrível. Tudo faz parte de um bom treino e terás mais prazer se mantiveres os factos presentes.

No entanto, leva a tua morte a sério. Rires-te a caminho da execução não é geralmente entendido pelas formas de vida menos avançadas e dirão que és doido.

Vive para nunca te envergonhares se alguma coisa que faças ou digas for publicada em todo o mundo - mesmo que aquilo que for publicado não seja verdade.

A tua única obrigação em qualquer tempo é ser verdadeiro para contigo próprio, ser verdadeiro para com qualquer outra pessoa ou qualquer outra coisa.

Prova as tuas limitações e sem dúvida elas serão tuas.

Nunca te é dado um desejo sem também te ser dado o poder de o realizares. Contudo poderás ter de lutar por isso.

O pecado original é limitar o SER. Evita cometê-lo.

A verdade que tu falas não tem passado nem futuro. E é só isso que precisa ser.

Se tentares durante algum tempo usar a ficção, acabarás por entender que as personagens de ficção são por vezes mais reais do que as pessoas de carne e osso.

Não fiques desanimado com as despedidas . Uma despedida é necessária antes de poderes ter novo encontro.

Eis um teste para descobrir se a tua missão na terra está terminada: se estás vivo não está."

 

música: Jason Mraz - I'm yours
sinto-me:
publicado por daily às 19:13

link do post | comentar | favorito

Ideas are...

... like rabbits. You get a couple and learn how to handle them, and pretty soon you have a dozen.

John Steinbeck

publicado por daily às 18:58

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

Fat

música: Violent femmes - fat
publicado por daily às 21:23

link do post | comentar | favorito

Banho de imersão

A minha vida mudou. É ponto assente. Deixei os atletas em prol do meu verdadeiro amor, as crianças. Estar com elas faz-me sentir viva. Como se todos os maus sentimentos que povoam o universo não existissem.

 

Os meus alunos são únicos. Especiais. Fazem-me sorrir, rir, acreditar. E têm um sentido de humor imenso para quem apenas está neste planeta há 3 anos.

 

Depois foi o R., que também alterou a minha rotina. Agora perco-me com ele em longas horas de conversas, saídas à noite ou sonos fora de horas no sofá novo. Na noite em que nos conhecemos, em que ele disse a todos: "Temos que inaugurar o meu sofá novo!!!!" nem eu, nem ele imaginámos que o magnifico sofá branco fosse festejado assim. Ainda bem que aconteceu.

 

A única coisa que ficou da minha vida "passada" foram os banhos de imersão...

música: Violent femmes - fat
sinto-me: a seguir em frente!
publicado por daily às 21:09

link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Janeiro de 2008

Ain't Got No...

 
música: Nina Simone - Ain't Got No... I Got Life
tags: ,
publicado por daily às 20:06

link do post | comentar | favorito

mess

Às vezes, muitas vezes, sinto-me farta de mim. Outras vezes apenas sinto falta de mim. Tanta coisa mudou dentro e fora de mim, que agora não sei muito bem como viver. Desaprendi a felicidade e agora não consigo senti-la. Vivo numa imensa confusão de sentidos, onde não sei onde me colocar, onde tudo é vão e confuso.

 

Queria fugir de mim, mas não me deixo em paz. Queria deixar-me levar, mas não consigo. Lamento-me. Agarro-me. Controlo-me. Magoo-me . Atraso-me. Retraio-me. Vou levar-me ao fracasso e percebo que vou arrepender-me.

 

Faço-me tanto mal...

sinto-me: em crise
publicado por daily às 19:53

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

Certeza?

publicado por daily às 20:00

link do post | comentar | favorito

.now

. pensamento do dia

. um não-assunto

. pensamento do dia

. qual é a cor da inveja?

. espelho meu...

. pensamento do dia

. tenho tantas...

. welcome to hell!

. i just want to drink coff...

. why, God?! why?!

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter
love
cidades
queen
eat
travel