Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

peixe fora de água

Se há coisa que me irrita são os estereótipos. E, infelizmente, a minha escolha profissional está mesmo no centro de um. Sou educadora de infância. Ninguém me obrigou a sê-lo, foi uma escolha bastante consciente. Gosto de estar com os mais pequenos e isso torna o dia-a-dia mais fácil. Entra-se na escola e esquece-se tudo o resto.

No entanto, toda a gente está à espera que uma educadora seja apenas isso. Isto é, seja pura e casta, e viva para a profissão. E isto a mim dá-me cabo da cabeça, porque eu não poderia ser mais o oposto a isto. Sou mulher. Gosto de sair à noite, beber copos e dançar. Fumo. Aprecio uma boa noite de sexo. E, no meio de tudo o que me caracteriza enquanto pessoa, (TAMBÉM) sou educadora de infância.

Todavia, tenho consciência que foi a própria classe profissional que assim se definiu. Como referi anteriormente, estou a trabalhar num novo colégio e, as horas de almoço são assim um suplício. As minhas colegas só falam em crianças, nos filhos delas, nos sobrinhos, nos alunos... enfim, uma verdadeira seca! São capazes de ser as pessoas mais desinteressantes que conheci nestes últimos anos.

E não há lugar para falar de absolutamente mais nada. Já tentei falar de outras coisas, mas foi impossível continuar. Có-cós, xi-xis e máquinas de bombear leite do peito, isso sim, dá para conversar os cinco dias da semana!

Estou lentamente a chegar à conclusão que eu é que estou mal, pois toda a gente está feliz assim.

Resta-me meter a viola no saco e ir tocar para outra freguesia!

 

sinto-me: caladinha que nem uma porta...
publicado por daily às 18:14

link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Pankekinha a 6 de Outubro de 2008 às 10:04
Não digas isso
gostei do (TAMBÈM)és educadora de infãncia a parte de tudo o resto
és mulher e humana e se mudares daí só porque as tuas colegas "caretas" resumiram o mundo delas a vida rotineira de có-cós e Xi-xis e se esqueceram que lá fora existe um mundo deixa pra lá... cá fora existem mulheres como tu, que apesar de tudo o resto não puseram a viola no saco e fora animar outras "festas" :)
estão aqui ai al´me e acolá a tocarem sempre as músicas que lhes aprazem e nas tantas já conquistaram uma legião de fãs que tudo o que sabem fazer é limpar xi-xis etc's!
bom, faz a mala vem pra moz então hehehe vais ver que tem muitas crianças aqui que vão adorar uma professora de cabelo vermelhor e
nósoutros o resto também :)
Bah
De daily a 6 de Outubro de 2008 às 19:40
Eu juro que ia se não fosse este amor incondicional a Lisboa. Já percebi que a vida profissional fora daqui talvez fosse mais fácil, mas vai fazer-se o que? Tenho que me aguentar e continuar com o sorriso estúpido na cara e esperar que melhore.
Beijinhos

Comentar post

.now

. pensamento do dia

. um não-assunto

. pensamento do dia

. qual é a cor da inveja?

. espelho meu...

. pensamento do dia

. tenho tantas...

. welcome to hell!

. i just want to drink coff...

. why, God?! why?!

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter
love
cidades
queen
eat
travel