Segunda-feira, 5 de Maio de 2008

queria estar contigo agora





Sem ti sinto-me assim.
tags:
publicado por daily às 18:24

link do post | comentar | favorito
Sábado, 29 de Março de 2008

sinais de fumo

Ando completamente atrapalhada... A cabeça a 1000, o coração a 2000 e o resto de mim a arrastar-se entre estes dois... Voltar a ter um namorado está a revelar-se bem mais complicado do que estava à espera. Não por falta de sentimento ou vontade, mas encaixar uma nova pessoa, com a respectiva bagagem, não é pacifico.

Habituei-me a não ter uma série de coisas e agora que voltei a tê-las nem sei se as quero... Claro que é óptimo ouvir um até amanhã mesmo antes de ir dormir, ou ficar na conversa na cama num sábado de manhã, mas há momentos a dois que não consigo voltar a gostar.

Devo-me ter tornado mais egoísta pelo caminho e assim torna-se desastroso querer amar alguém. Provavelmente vou conseguir deitar tudo por terra em dois tempos, mas faço o que posso, e não me quero obrigar a mais.

Sinto-me a perseguir uma felicidade qualquer que eu acho que existe, mas que constantemente questiono.

Há dias em que me queria ver livre de mim, mas não consigo. Não dá para me livrar de mim própria...

 

 

 

sinto-me: com o diabo no corpo
publicado por daily às 18:32

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008

Gostar de ti é...

... cozinhar brigadeiros às 11 horas da noite... e não os comer!

 

 

Your part time lover and a full time friend,
The monkey on the back is the latest trend,
Don't see what anyone can see,
In anyone else,
But you

Here is a church and here is a steeple,
We sure are cute for two ugly people,
Don't see what anyone can see,
In anyone else,
But you

We both have shiny happy fits of rage,
I want more fans, you want more stage,
Don't see what anyone can see,
In anyone else,
But you

I'm always tryin to keep it real,
Now I'm in love with how you feel,
I don't see what anyone can see,
In anyone else,
But you

I kiss you on the brain in the shadow of the train,
I kiss you all starry eyed,
My body swings from side to side,
I don't see what anyone can see,
In anyone else,
But you

The pebbles forgive me,
The trees forgive me,
So why can't,
You forgive me?
I don't see what anyone can see,
In anyone else,
But you

Du du du du du du dudu
Du du du du du du dudu
I don't see what anyone can see,
In anyone else,
But you.
sinto-me:
música: Michael Cera & Ellen Page - Anyone Else But You
publicado por daily às 18:38

link do post | comentar | favorito
Domingo, 17 de Fevereiro de 2008

o meu inferno é vazio

 

 

Há dias em que  me fazes bem. Há dias que não.

Há dias em só quero viajar contigo. Há dias em que só quero fugir de ti.

Há dias em que me apetece abraçar-te. Há dias em que nem quero olhar para ti.

Há dias em que vou passar contigo a vida inteira. Há dias em que não vou estar contigo nem mais um segundo.

Há dias em que gosto muito de ti. Há dias em que não gosto nada.

Há dias em que me enches a alma e há dias em que me deixas o coração vazio...

 

 

publicado por daily às 16:31

link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

Idade da inocência

(Daniel Oliveira - Olhares.com )

 

 

O Dia dos Namorados, ou Dia de São Valentim, como preferirem, foi um dia de seca no trabalho. Além de ser uma celebração que nada me diz, tive que trabalhar o tema com as crianças e foi um desespero. Corações para cá, corações para lá, amor para aqui, namorados para ali. Enfim, foi difícil passar a mensagem para as crianças de algo que não gosto. Ossos do oficio!

 

No final do dia, estava eu sentada numa cadeira a ansiar pela hora de saída, enquanto as crianças brincavam na sala, a R. aproximou-se de mim.

R.- "T., vamos brincar às cabeleireiras! Vou fazer-te um penteado!!!"

T. - "Está bem R., - disse eu - "faz-me um penteado bonito para ir sair hoje com o meu namorado!"

Entretanto a M., que se tinha sentado junto a nós pergunta:

M. - "Vais sair hoje com o teu namorado T.?"

T. - "Sim M., vou."

M. - "E vais sair para onde?"

T. - "Ainda não sei M."

M. - "Vais para a cama?"

T.- "Para a cama?!?!?!?!?!?!?"

M.- "Sim, para a cama. Eu sei que se namora na cama!!!"

T. - "A sério M.?!? Namora-se na cama?!? Não sabia... "

M. - "Sim T., os namorados vão para a cama esconder o amor!!!"

T. - "Não M., estás enganada. Os namorados vão para a cama mostrar o amor, não escondê-lo!"

Tendo em conta que a M. tem 4 anos a conversa ficou por aqui... Eu a pensar que talvez não fosse suposto dizer aquelas coisas, afinal sou professora dela, e ela com um ar de quem não está a perceber nada da conversa.

 

 

sinto-me: Ó meu Deus...
tags: , ,
publicado por daily às 18:04

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008

Vem amanhã que hoje vou fritar

 

 

Deitaram-se. Como sempre, ela virou-se de costas para ele, que a abraçou. Como sempre, ficaram assim envoltos um no outro muito tempo. Não falavam, apenas gostavam de sentir aquele amor. Foi então que ele disse:

 

- Sentes o mesmo que eu? Aguardas ansiosamente pelo final do dia, só para podermos finalmente estar assim nos braços um do outro?

- Sim - respondeu-lhe ela - sinto exactamente isso.

 

E, como sempre, adormeceram.

 

 

sinto-me: apaixonada
tags:
publicado por daily às 19:59

link do post | comentar | favorito
Domingo, 20 de Janeiro de 2008

mess

Às vezes, muitas vezes, sinto-me farta de mim. Outras vezes apenas sinto falta de mim. Tanta coisa mudou dentro e fora de mim, que agora não sei muito bem como viver. Desaprendi a felicidade e agora não consigo senti-la. Vivo numa imensa confusão de sentidos, onde não sei onde me colocar, onde tudo é vão e confuso.

 

Queria fugir de mim, mas não me deixo em paz. Queria deixar-me levar, mas não consigo. Lamento-me. Agarro-me. Controlo-me. Magoo-me . Atraso-me. Retraio-me. Vou levar-me ao fracasso e percebo que vou arrepender-me.

 

Faço-me tanto mal...

sinto-me: em crise
publicado por daily às 19:53

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

Tenho a mania do amor

Porquê este medo? Ele não morde. Não arranha. Não faz mal. É apenas uma pessoa. Como eu. Como os outros.

Porque nos encontrámos agora? E por que é tão intenso? E porque não sei como sentir? E como me deveria sentir?

Dei o grito de ipiranga! Sou livre! Já não sou tua! Sou só minha. De mim para mim. Eu comigo. E como me arraso em pensamentos...

 

 

 

sinto-me: nem sei...
música: Maria Rita - Dos gardenias
tags: , ,
publicado por daily às 19:36

link do post | comentar | favorito
Domingo, 13 de Janeiro de 2008

Estou...

... completa, perdida e irremediavelmente apaixonada...

 

 

sinto-me:
tags:
publicado por daily às 17:01

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Gosto desta ideia...

... que o amor é uma forma

de conversação em que as palavras agem

em vez de serem faladas.

 

David Lawrence

Bom fim-de-semana!

tags:
publicado por daily às 20:08

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.now

. pensamento do dia

. this is the story of love

. i love your touch

. deixas-me sempre com um b...

. ahora no se si tu existis...

. nanosegundo

. silent void

. Quantas vezes já disseste...

. casa pré-fabricada

. Love.

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter
love
cidades
queen
eat
travel