Quinta-feira, 18 de Outubro de 2012

i would cuddle you so hard...

Pela primeira vez em toda a minha vida tive medo de comprar uma viagem e estou fu!

Tive medo de gastar o dinheiro! Fiquei a pensar se, com isto tudo que para aqui anda no Reino de Pernas para o Ar, não iria (irei) precisar do malvado do dinheiro mais tarde. Para pagar o IMI, a prestação da casa ao banco, o seguro do carro ou, em última instância, para ir ao supermercado comprar papas (que pelo que li está assim no top mais das vendas!).

E fiquei mesmo mesmo mesmo zangada. Comigo, por me permitir pensar assim, sinal de que aqueles filhos de uma grande senhora estão a conseguir entrar na minha cabeça. E ainda mais zangada com essa corja de malandros, corruptos e criminosos por tentarem mandar na minha vida!

Eu não estou propriamente em casa o dia todo a coçá-los para ter que contar moedas para ir viajar, que é o que me faz levantar da cama todas as manhãs para aturar todos os caramelos com quem me cruzo durante o dia (e muitas vezes até durante a noite). Eu trabalho para viajar!!! E pronto! É assim que funciona!

Depois lá me recompus e comprei a viagem. E fiquei a pensar no dia em que vou comprar um bilhete de avião, mas só de ida. Para me pirar daqui. E o Cavaco pode ficar descansado que eu não lhe vou escrever nenhuma carta de despedida a lamentar-me de como deixei o meu país. A nossa casa é onde nos sentimos bem, é onde existe confiança, esperança, futuro. E este país já não é a minha casa. 

 

[E no meio de isto tudo ainda li que um tipo fez 90 operações plásticas para ficar parecido com o Ken (o da Barbie). Se me perguntarem acho que ficou mais parecido com a Betty (a do Castelo Branco). Azeda eu...]

publicado por daily às 20:35

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 20 de Junho de 2008

Novo ódiozinho de estimação

 

E assim deixei incompleta a minha colecção de cromos... agora já não tem piada...

 

sinto-me:
publicado por daily às 17:38

link do post | comentar | favorito
Domingo, 2 de Março de 2008

desilusão

 

Man Ray - Glass tears

Fizeste-me mal.

Fazes-me mal.

Irás fazer-me mal. Sempre.

Não te vou ajudar mais a magoar-me.

Estás só nessa luta.

Coloca-te em frente ao espelho e briga contigo. És o teu único inimigo.

 

 

publicado por daily às 19:00

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

Mal-me-quer(o)

Eu vi quando você me viu
Seus olhos pousaram nos meus
Num arrepio subtil...


Eu vi, pois é, eu reparei
Voce me tirou para dançar
Sem nunca sair do lugar
Sem botar os pés no chão
Sem musica para acompanhar


Foi só por um segundo
Todo o tempo do mundo
E o mundo todo se perdeu

 
Eu vi quando você me viu
Seus olhos buscaram nos meus
O mesmo pecado febril
Eu vi, pois é, eu reparei
Voce me tirou todo o ar
Para eu que pudesse respirar
Eu sei que ninguém percebeu
Foi só você e eu


Foi só por um segundo
Todo o tempo do mundo
E o mundo todo se perdeu
Ficou só você e eu
Quando você me viu.

sinto-me: imbecil...
publicado por daily às 17:03

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Dezembro de 2007

Y no me enamoro mas...

Noite de Natal... Demasiada comida. Demasiado alcool. Demasiada gente. Demasiado espiríto natalício. Demasiada solidão. Demasiado silêncio. Demasiada indiferença. Desisto... não vou mais vou gostar de ninguém. Nunca mais!!!

 

 

Mañana mismo voy a esa tienda del cariño para descambiar tus besos,
mañana mismo voy y denunciaré ante el juez la estafa de tus te quiero,
el timo de tus caricias, el hurto a mis sentimientos...

Que poquito te hubiera costado decir la verdad,
de haber sido conmigo tan sólo un poquito legal,
asi que mañana...
Mañana enterraré mi soledad en lo mas hondo de la tierra del olvido,
mañana agarraré a mi libertad y no me enamoro mas, y no me enamoro mas...

Que no te quieres enterar que duele, que duele,
que los besos de embustero son alfileres,
y no te quieres enterar que duele, que duele,
cuando se dice "te quiero" y se miente...

Mañana buscaré la forma de sobrevivir en la isla de la indiferencia,
donde olvidarme del mundo, donde borrarme tus huellas...

Que poquito te hubiera costado decir la verdad,
de haber sido conmigo tan sólo un poquito legal,
asi que mañana...
Mañana enterraré mi soledad en lo mas hondo de la tierra del olvido,
mañana agarraré a mi libertad y no me enamoro mas, y no me enamoro mas...

Que no te quieres enterar que duele, que duele,
que los besos de embustero son alfileres,
y no te quieres enterar que duele, que duele,
cuando se dice "te quiero" y se miente...

Que poquito te hubiera costado decir la verdad,
de haber sido conmigo tan sólo un poquito legal,
asi que mañana...

Que no te quieres enterar que duele, que duele,
que los besos de embustero son alfileres,
y no te quieres enterar que duele, que duele,
cuando se dice "te quiero" y se miente
música: El Arrebato - Duele
sinto-me: a mascar fitinhas das prendas!
publicado por daily às 02:37

link do post | comentar | favorito

.now

. i would cuddle you so har...

. Novo ódiozinho de estimaç...

. desilusão

. Mal-me-quer(o)

. Y no me enamoro mas...

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter
love
cidades
queen
eat
travel