Segunda-feira, 23 de Março de 2009

i'm still alive ?!

Isto de sair à noite é uma arte! Não é fácil estarmos ali, nós e os nossos problemas, a tentar fazer com deixem de ser  problemas. Tentamos divertir-nos e pasarlo bién. E todos os outros provavelmente também estarão a fazer o mesmo, ou outras coisa mais ou menos parecidas. O que é facto é que estamos todos ali e temos que nos aturar.

E como se não bastassem aquelas conversas que vêm ter connosco directamente, ainda sofremos danos auditivos colaterais. Quando são frases interessantes ou giras ou, vá, engraçadas, tudo bem. Mas assim...

Dizia um jovem para a sua vítima: "Conheces este som?? É Pearl Jam..."

Ó meu amigo... Pearl Jam?!? É claro que ela não conhece, aliás quem é que conhece?!? Só tu, provavelmente, que deves ser iluminado (nem quero eu imaginar por que tipo de luz).

Juro que não sou preconceituosa. Aliás, vivi (e ainda vivo)o trauma de apelidarem a minha geração de rasca, mas bolas, há um mínimo. Esta malta mais nova não tem noção. De nada. Só de que há uma banda que se chama Pearl Jam... não sei se conhecem...

 

sinto-me: rasca!
publicado por daily às 18:11

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

conversas comigo

Sábado à noite. Um grande esforço para sair, porque a cabeça só manda o corpo ficar deitado no sofá... mas não pode ser! Não pode! Vá! Bebe umas minis, diz umas barbaridades, acaba com os neurónios da amiga que acedeu (coitadinha!!!) em vir jantar contigo, põe um betume na cara, veste outra coisa que não seja o pijama e sai de casa.

Ok. Está bem. Vou sair de casa, mas que ninguém me diga nada, ninguém se meta comigo, que vou para dançar e beber e não para conversas de merda, daquelas ao jeito do engate pobrezinho, que hoje não estou com paciência. E mais! Se algum caramelo me diz que se chama R. dou-lhe uma sova! Tenho dito!!!

Bairro Alto. Clube da Esquina, vodka a saber a água. Segue. Não pares de beber e não penses em mais nada. Olha, vai mas é dançar, que expulsa as energias, as boas e as más, e dormes que nem um anjinho.

Jamaica. Um mar de gente, uma multidão às 2 da manhã. Coisa estranha. Será que só são mesmo 2 horas?!? Sim, são só mesmo duas horas...

Vai ao bar. Bebe imperial para não saires daqui de gatas, que à velocidade que as vodkas se bebem daqui a pouco estás com a cabeça na sanita. Vá! E agora vai dançar!

 

Abordagem 1:

- Vamos dançar os dois?

- Obrigada, mas não me apetece. Gosto de dançar sózinha.

- E como é que te chamas?

- T.

- Olá, eu sou o R.!

 

(não, não lhe bati. E foi pena.)

 

 

Abordagem 2:

- Olá!!! Então como é que se chama a menina?

- Não importa! Ou danças ou vais ter que sair desta zona. Aqui dança-se!

- Bolas!!! És mesmo antipática...

- Exacto. E como sou antipática e há toda uma discoteca cheia de miúdas simpáticas, porque é que não vais falar com elas?!?

- Porque te quero ajudar!!!

 

(não, também não lhe bati. E também foi pena.)

 

Vá. Vamos embora para casa, que a música acabou e já estás a ver duas portas onde sabes existir só uma.

Não digas tantos palavrões dentro do táxi.

Abre a porta, sobe as escadas e vai dormir que daqui a pouco os teus pais estão a tocar à campainha para o almoço de Domingo.

 

 

sinto-me: com cara de poucos amigos...
publicado por daily às 20:20

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 26 de Outubro de 2008

sapos

A hora mudou e estou com uma dor de cabeça que não lembra a ninguém. Provavelmente, não existe nenhuma relação entre estes dois factos, mas é uma explicação tão boa como qualquer outra.

Na verdade, acho que foi do beijo. Sexta à noite fui dançar um bocado, para expulsar as energias que andam à pancada dentro de mim. E, assim do nada, aparece uma criatura que me dá um beijo na testa. Mas não foi um beijo qualquer... foi um beijo cheio de sentimento, de tal forma que até fiquei com a testa babada! E tal como veio, desapareceu. Talvez ele estivesse com esperança que eu me transformasse em princesa ou qualquer coisa do género...

E agora dói-me a cabeça. Raios parta estes cavaleiros do século XXI!!!

 

 

sinto-me: babada!
publicado por daily às 18:14

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

Santo António já se acabou...

Confesso que a noite de Santo António em Lisboa é um dos meus acontecimentos preferidos do ano! As ruas cheias de gente, a música dos bailaricos, o cheiro a sardinha assada e a manjerico fazem parte das boas recordações.

No entanto, este ano fiz a asneira de não ficar toda a noite no mesmo sítio. Subir e descer ruas, no meio de uma multidão semi-embriagada pode revelar-se um desporto difícil, capaz de pôr à prova a paciência (que não é de santo...). Comprovei assim que, nesta noite, a melhor opção é escolher um local, ir lá jantar e por ali ficar o resto da noite!

E porque andamos tanto a percorrer os bairros típicos de Lisboa? Escapa-me o porquê, pois de típico já nada têm. Não existem os típicos bailes, nem as sardinhas nem sequer as senhoras rudes de Alfama, que agora apenas vendem cerveja com ar entediado, aos grupos de bêbados que insistem em ver o típico!

Depois de muito andar e de muito beber, o que me deixou extenuada e com os copos, só consegui vir para casa já o sol brilhava (e bem!!!). Esta é outra dúvida minha: porque é que numa noite como esta, em que estão tantas pessoas na rua, o metro não funciona o tempo todo?!?!? O resultado são multidões quase a andar à batatada por um táxi ou, como fiz, caminhar mais um quilómetro e esperar pacientemente que o metro abrisse. O nosso país tem sempre este problema, somos muito animados e tal, mas condições espera aí já venho!!

A noite valeu, mesmo assim, pela companhia e por alguns laivos de celulite que se perderam com tanta andança!

 

sinto-me: com dores nos pés!
publicado por daily às 18:09

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

Gosto tanto deste quadro...

 

 

 

 

publicado por daily às 19:43

link do post | comentar | favorito
Sábado, 17 de Novembro de 2007

Recuperação

Sábado à tarde. Estou um caos. Ontem fui sair e bebi demais. Demais mesmo!! Conhecem a expressão "beber todas"? Foi o que fiz. Comportei-me como se viesse aí uma lei seca qualquer que banisse todo o alcool do planeta.

 

Fui ao Lux ver Tiefschwarz e não gostei. Depois de ver Laurent Garnier tem sido difícil encontrar outro Dj ao mesmo nível, aliás, estou ainda à espera que tal aconteça. É a vida.

 

Estou de rastos,mas tenho que ir a correr ao Supermercado. Daqui a pouco chegam os amigos para o jantarzinho de Sábado à noite. Se calhar, para ganhar coragem devia beber qualquer coisa :))

 

Bom fds.

 

 

música: Fischerspooner - Kick in the teeth
sinto-me: a acordar...
tags: , ,
publicado por daily às 16:50

link do post | comentar | favorito

.now

. i'm still alive ?!

. conversas comigo

. sapos

. Santo António já se acabo...

. Gosto tanto deste quadro....

. Recuperação

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter
love
cidades
queen
eat
travel