Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

Que bella eres !!!!!

 

[La Dormeuse - Tamara Lempicka]

 

Hoje, enquanto saboreava o café pós almoço, lia um daqueles jornais gratuitos que alguém deixara esquecido em cima da mesa do café. Intrigou-me um artigo que referia que as relações mais duradouras são aquelas em que o homem é menos atraente ou bonito que a mulher. Isto, segundo uma qualquer universidade dos Estados Unidos (claro!). Os investigadores justificavam que se a mulher for mais bonita, o homem esforça-se mais emocionalmente, tentando assim compensar essa sua "lacuna" física. Como tal, são mais carinhosos com as suas belas companheiras, dando-lhes muito mais atenção.

 

Hummmm.... pensei.... E onde é que isto me deixa a mim?!?!?  Hummmm.... repensei... não importa! Na verdade, existem vários tipos de beleza: a convencional, a interior, a exterior, ambas, a relativa e a falta de. Cada um de nós é atraído por aquilo que mais gosta. E isso não tem que ser necessariamente um sorriso perfeito ou uns olhos fantásticos. Por vezes, basta uma frase ou uma gargalhada para que tenhamos uma enorme vontade de conhecer melhor alguém. Aliás, há ainda quem defenda que tudo não passa de uma reacção química, mas, pessoalmente, gosto mais de acreditar na atracção, na paixão, no amor e nessas coisas todas!

Mas, e não vá o diabo tecê-las, depois do café, fui arranjar as unhas...


sinto-me: a miúda mais gira da casa!
publicado por daily às 17:31

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Maio de 2008

out of gas




Ele - Amanhã vai haver uma exposição de automóveis na FIL, com montes de coisas giras sobre carros e novidades da área...
Ela - Daquelas mostras com miúdas semi-nuas em cima dos carros?
Ele - Sim, dessas mesmo!
Ela - Parece-me bem...
Ele - Gostava mesmo de ir.
Ela - E porque não vais?
Ele - Sim, acho que vou. O D. também quer ir. Devemos ir os dois. E tu? Não queres vir?
Ela - Hummm...não me parece. Não ia ser divertido para mim. Aliás, ia ser assim meio seca.
Ele - Pois... mas tens a certeza?
Ela - De que não quero ir?
Ele - Sim. Tens a certeza de que não queres ir?
Ela - Não quero ir. Tenho a certeza.
Ele - Mesmo?
Ela - Sim.
Ele - E não ficas chateada se eu for?
Ela - Chateada?!? Porquê?
Ele - Porque é feriado e tal, e podíamos fazer outra coisa qualquer juntos e assim não vamos fazê-lo...
Ela - Há mais feriados e fins-de-semana... além de que fico feliz por ires fazer uma coisa que gostas...
Ele - Então não te importas mesmo que eu vá?
Ela - As tuas namoradas anteriores deviam ser mesmo uns estupores... Bebemos mais um shot de vodka?
sinto-me: há mulheres tão parvas...
publicado por daily às 19:42

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 29 de Março de 2008

sinais de fumo

Ando completamente atrapalhada... A cabeça a 1000, o coração a 2000 e o resto de mim a arrastar-se entre estes dois... Voltar a ter um namorado está a revelar-se bem mais complicado do que estava à espera. Não por falta de sentimento ou vontade, mas encaixar uma nova pessoa, com a respectiva bagagem, não é pacifico.

Habituei-me a não ter uma série de coisas e agora que voltei a tê-las nem sei se as quero... Claro que é óptimo ouvir um até amanhã mesmo antes de ir dormir, ou ficar na conversa na cama num sábado de manhã, mas há momentos a dois que não consigo voltar a gostar.

Devo-me ter tornado mais egoísta pelo caminho e assim torna-se desastroso querer amar alguém. Provavelmente vou conseguir deitar tudo por terra em dois tempos, mas faço o que posso, e não me quero obrigar a mais.

Sinto-me a perseguir uma felicidade qualquer que eu acho que existe, mas que constantemente questiono.

Há dias em que me queria ver livre de mim, mas não consigo. Não dá para me livrar de mim própria...

 

 

 

sinto-me: com o diabo no corpo
publicado por daily às 18:32

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

As transparentes

O Amor faz-nos ter atitudes idiotas! E não estou a falar dos estúpidos nomezinhos que arranjamos para a cara metade, do falar à bebé para um caramelo de 90kg ou de papar as secas dos jantares da família "dele".

 

Escrevo sim sobre o facto de a mulher estar quase geneticamente programada a desistir de si própria em prol de uma relação. E isto acontece sempre. Nós, mulheres , acabamos por nos apagar como seres únicos e individuais, para que um sentimento de parceria, de pertença a algo surja.

 

Deixamos de nos encontrar com os nossos amigos, deixamos de sair à noite, de ir ao cinema, de ir dançar, enfim, deixamos de viver. É uma sorte continuarmos a respirar sem o auxílio da criatura que anda lá por casa. Se estar apaixonado é um estado de graça (e eu acredito nisso), por consequência , estar dentro de uma relação faz-nos entrar num estado de desgraça.

 

E porque o fazemos? Genética ? Estupidez? Em nome do amor? Mas quem nos pediu isso? E se ninguém nos pediu, porque o fazemos? Genética ? Estupidez? Em nome do amor? É uma bola de neve...

 

Como tal, tornamo-nos transparentes, esquecidas de nós próprias. Sem vontade. Sem prazer. E no final, sem amor.

 

Quem vai amar um ser inanimado, sem vontade, sem respeito e sem futuro?

 

 

sinto-me: Bastante opaca!!!!
música: Maria Rita - Não vale a pena
publicado por daily às 23:38

link do post | comentar | favorito

.now

. Que bella eres !!!!!

. out of gas

. sinais de fumo

. As transparentes

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter
love
cidades
queen
eat
travel