Quinta-feira, 15 de Outubro de 2009

far away, so close

 

 

 

Fico feliz por, pelo menos, uma de nós estar realmente viva... (e fico feliz que sejas tu!)


 

 

publicado por daily às 00:32

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Março de 2008

intentalo sin mi

Si yo, tú
Si caes, yo contigo,
y nos levantaremos juntos
en esto unidos.
 
Si me pierdo, encuéntrame.
Si te pierdes, yo contigo,
y juntos leeremos en las estrellas
cuál es nuestro camino.
Y si no existe, lo inventaremos.
 
Si la distancia es el olvido
haré puentes con tus abrazos
pues lo que tú y yo hemos vivido
no son cadenas...
ni siquiera lazos:
es el sueño de cualquier amigo,
es pintar un «te quiero» a trazos,
y secarlo en nuestro regazo.
 
Si yo, tú.
Si dudo, me empujas.
Si dudas, te entiendo.
Si callo, escucha mi mirada.
Si callar, leeré tus gestos.
 
Si me necessitas, silba
y construiré una escalera
hecha de tus últimos besos
para robar a la luna una estrella
y ponerla en tu mesilla
para que te dé luz.
 
Si yo, tú
Si tú, yo también
Si lloro, ríeme
Si ríes, lloraré
pues somos el equilibrio,
dos mitades que forman un sueño.
 
Si yo, tú
Si tú, conmigo
Y si te arrodillas
haré que el mundo sea más bajo,
a tu medida,
pues a veces para seguir creciedo
hay que agacharse.
 
Si me dejas mantendré viva la llama
hasta que regreses
y sin preguntas seguiremos caminando
y sin condiciones te seguiré perdonando.
Si te duermes, seguiremos soñando
que el tiempo no ha pasado
que el reloj se ha parado.
 
Y si alguna vez la risa
se te vuelve dura
se te secan las lágrimas
y la ternura
estaré a tu lado
pues siempre te he querido
pues siempre te he cuidado.
 
Pero jamás te cures de quererme
pues el amor es como don Quijote
sólo recobra la cordura
para morir.
Quiéreme en mi locura
pues mi camisa de fuerza eres tú
y eso me calma
y eso me cura...
 
Si yo, tú
Si tú, yo
Sin ti, nada.
Sin mí, si quieres, prueba...
 
El Principe de la Dulce Pena
publicado por daily às 19:01

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

Nao quero pensar, quero viver!!

Estou apaixonada! E escrevo isto com toda a leviandade que as palavras me permitem. Como também estou apaixonada com a mesma leviandade. Entenda-se que são sentimentos profundos mas ao mesmo tempo superficiais (é um facto que sou uma rapariga muito paradoxal...).

 

Estou apaixonada como o pode estar uma mulher de 29 anos e meio (o que interessa está no pormenor!!!), por uma criatura de cabelo espetado e olhos azuis, com quem me cruzei na hora de almoço.

 

Tendo em conta que almoço todos os dias no metro quadrado mais bem frequentado de Lisboa (peço desculpa, mas não vou revelar onde fica o paraíso!!) as probabilidades de me apaixonar diariamente são enormes. Mas aconteceu hoje.

 

Troca de olhares intensa entre duas colheres de sopa...Aiiiiiiii, que vergonhaaaa....Vou olhar outra vez...Aiiiiii...fui apanhada...que homem bonito....contava-te uma história fofinho.....que olhos....ai ai ai que boca........................Termino de almoçar. Estou quase com um pézinho no altar eheheh.

 

Vou tomar um café, pois é preciso acordar para a maratona laboral da tarde.Penso: "Será que ele estava a olhar para mim porque me achou piada ou estava a olhar para mim porque eu estava a olhar para ele, hum???". Que insegurança a minha. Mas tendo em conta que ele é visualmente fantástico e que eu me estou a sentir um badejo (peixe muito feio) outra coisa não se poderia esperar.

Nunca vos aconteceu?

Enfim...

 

O que é facto é que eu sou um bocadinho pinga-amor. Apaixono-me e desapaixono-me como quem muda de camisa. (Na semana passada estava perdida de amores por  um francês jogador de rugby) No entanto, sou bastante realista. Não acho que todas estas criaturas são as criaturas da minha vida, que vamos casar e ter filhos lindos parecidos com anjos. Nada disso. Apenas gosto do estado de embriaguês profunda em que a paixão me deixa.

Não gostamos todos? - dizem-me os amigos. Hum...acho que eu gosto mais um bocadinho :)

 

sinto-me: loving yoooouuuuuu!
música: Maria Rita - Num corpo só
publicado por daily às 21:14

link do post | comentar | favorito

.now

. far away, so close

. intentalo sin mi

. Nao quero pensar, quero v...

.other days

. Julho 2015

. Junho 2015

. Julho 2014

. Junho 2014

. Fevereiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.pegadas

Website counter
love
cidades
queen
eat
travel